Poucos lugares reúnem tantos traços da cultura de Minas Gerais como o Mercado Central de Belo Horizonte. O Mercado Central é um xodó dos belorizontinos!

Em pesquisa realizada pela Tam, na sua revista Tam nas Nuvens, o Mercado Central foi considerado o terceiro melhor mercado do mundo, perdendo apenas para Mercat de la Boqueria, em Barcelona, e Borough Market, em Londres.

No Mercado Central, você encontra produtos regionais, produtos naturais, farinhas, doces, queijos… muitos queijos!

img_38371

Vários queijos!

Queijo Canaastra, mussarela, frescal… e doce de leite! Porque queijo com doce de leite é comida divina!

Ao contrário do que muitas pessoas possam imaginar, os belorizontinos frequentam, sim, o Mercado Central. Na minha família, por exemplo, só compramos queijo canastra e do Serro, por lá. Cestas e qualquer coisa de palha, também é lá que compramos.

O Mercado Central é o ponto certo para achar as comidas “de vó”. Aqueles biscoitinhos delícia, docinho! Aqueles biscoitos de polvinho que só tem na casa da vó. Aqui tem!

Uma das coisas que eu mais gosto de lá, é sempre ter coisas frescas. Vegetais e frutas tem de montão! E é por causa deste frescor todo, que a praça do Abacaxi é um dos pontos imperdíveis. Você compra um pedaço do abacaxi por R$3,00 e ele vem num saquinho, geladinho e, você ainda pode sair pelo mercado comendo a fruta, enquanto olha as milhares de lojinhas!

Queijos, doce de leite, abacaxi, melancia… Tudo saudável, até passarmos por esta banquinha! Uma banca de torresmo!

Se tem torresmo, tem cachaça! É o combo!

Mas se quiser fazer o combo cachaça ft queijo, ninguém te julga!

Além das comidas e bebidas, o mercado também muita quinquilharia. Canecas esmaltadas, panelas, colheres de pau, tachos de cobre, panela de barro (e de pedra)! Tem de um tudo por ali. E pimenta! Tem muita pimenta!

Algumas coisas você deve saber antes de ir ao Mercado Central de Belo Horizonte.

  • Você ficará perdido! Assim que entrar, lembre do nome da rua pela qual você entrou no mercado. Isto te ajudará a sair dali.
  • O estacionamento é caríssimo, tanto o do próprio mercado, quanto o da região ao redor. Cuidado para não se espantar quando for pagar a conta!
  • Existem diversos bares lá dentro. O mais famoso é o Bar da Lôra, que serve um bife de fígado acebolado (dizem) maravilhoso!
  • Se precisar tirar dinheiro lá, vá preparado para enfrentar filas! O caixa eletrônico e a lotérica sempre tem filas, não importa a hora!
  • Os preços não variam muito! Você vai conseguir economizar no máximo R$ 3,00 de uma banca a outra.

Aproveite o passeio por lá! Prove o que puder! É um passeio agradabilíssimo!

Anúncios